Análise Xiaomi Redmi Note 11 Pro 5G – um smartphone completo com um carregamento surpreendente

O Redmi Note 11 Pro 5G é o mais recente equipamento da empresa colocado no mercado, dentro desta linha de smartphones, e consegue oferecer um equilíbrio perfeito entre preço, características e design.

O Xiaomi Redmi Note 11 Pro 5G esteve em testes e mostrou-se um smartphone bastante completo para o preço dele e poderá ser uma boa opção para quem quiser comprar um smartphone capaz de muito mais do que aparenta.

IMG 1729 Redmi Note 11 Pro 5G
Publicidade

Características gerais do Redmi Note 11 Pro 5G

Começando pelo mais simples, estamos perante um smartphone que, para nós, se mostrou bastante agradável à vista e com uma boa ergonomia. O Redmi Note 11 Pro 5G pesa 202g e vem equipado com um ecrã AMOLED FHD+ de 6.67 polegadas.

O visor é apelativo, com uma taxa de atualização de 120Hz um brilho máximo de 1200 nits. Tratando-se de um equipamento de gama média, não se podem esperar cores brilhantes e vividas como as que vemos nos smartphone topo de gama, no entanto, o ecrã é bastante capaz e consegue garantir uma boa visibilidade dos conteúdos mesmo com o sol a incidir diretamente no Redmi Note 11 Pro 5G.

IMG 1741 Redmi Note 11 Pro 5G

No interior, para suportar todo o processamento, encontramos o Snapdragon 695 com um CPU Octa-core de até 2.2 GHz e GPU Qualcomm Adreno 619.

O Xiaomi Redmi Note 11 Pro 5G encontra-se disponível com 6GB de RAM e 64GB/128GB de memória interna ou então na versão com 8GB de RAM e 128GB de memória interna. Na lateral direita encontramos os controlos de volume e o botão de desbloqueio do equipamento assim como o leitor de impressões digitais que funciona de forma rápida, precisa, e nunca falhou uma única vez a desbloquear.

O Redmi Note 11 Pro 5G é um equipamento que, a nível estético, chama alguma atenção. isto porque os detalhes estão muito bem conseguidos, o corpo mais quadrado torna-se agradável de segurar e faz lembrar um pouco a tendência atual dos equipamentos Apple e mesmo da Samsung nas versões S22 e S22 Plus.

IMG 1735 Redmi Note 11 Pro 5G

A traseira é feita de um material fosco que fica muito bonito e evita o acumular de dedadas. Algumas ainda se conseguem ver, mas de forma geral o equipamento parece sempre limpo. No entanto, este tipo de material tem sempre a desvantagem de se tornar mais escorregadio.

Com o Redmi Note 11 Pro 5G vem ainda de oferta uma capa transparente que oferece uma proteção extra além de resolver o problema do equipamento poder ser escorregadio.

IMG 1731 Redmi Note 11 Pro 5G

O Redmi Note 11 Pro 5G conta ainda com um emissor de infravermelhos para que possamos utilizar o smartphone como um comando para quase todos os equipamentos da casa compatíveis.

Autonomia de gente grande com um carregamento turbo de 67W

Nos dia que correm os smartphones passaram a ser uma parte do ser humano (ou quase). Já é muito difícil ver uma pessoa nos dias de hoje que não tenha um equipamento deste género, por muito simples que possa ser.

Assim sendo, a autonomia é sempre um fator que as marcas têm de considerar quando colocam um smartphone no mercado e, neste campo, a Xiaomi não dececionou.

No interior do Xiaomi Redmi Note 11 Pro 5G podemos encontra uma generosa bateria de 5000 mAh que, aliada à MIUI 13, consegue garantir mais de um dia de utilização sem grandes dificuldades.

IMG 1740 Redmi Note 11 Pro 5G

Com uma utilização moderada, durante os testes, chegávamos ao final do dia pelo menos com 20/30 % de bateria no smartphone. No entanto, caso seja feita uma utilização acima da média a empresa também resolveu esse problema de forma simples.

Incluído na caixa do Redmi Note 11 Pro 5G (uma raridade nos dias de hoje), a Xiaomi colocou um transformador de 67W que, a correr tudo dentro da normalidade, vai ativar o carregamento Turbo do smartphone.

Com este carregamento o smartphone vai dos 10% aos 100% em cerca de 40 minutos. Ideal para quando nos esquecemos de colocar o smartphone à carga durante a noite ou para conseguirmos garantir o dobro da autonomia enquanto fazemos uma pausa para almoçar.

Câmara fotográfica boa o suficiente

No setor das câmaras, o Redmi Note 11 Pro 5G vem equipado com uma câmara principal de 108 MP com uma abertura f/1.9, uma grande angular de 8MP com abertura f/2.2 e ainda uma câmara macro de 2MP com abertura f/2.4.

Redmi Note 11 Pro 5G
Foto tirada no modo automático

Podemos já adiantar que utilizar o modo retrato neste smartphone poderá não originar os melhores resultados. O desfoque em torno do objeto/sujeito é muito artificial e pouco preciso, dando logo a entender que se trata de trabalho de software de um smartphone.

No entanto, nas restantes situações, o Redmi Note 11 Pro 5G portou-se melhor que o esperado. Em casos de dias nublados, o smartphone conseguiu lidar bem com as nuvens todas no céu, claro que isto leva sempre a que fotografia se torne um pouco mais escura que o esperado e poderá ser sempre necessário alguns ajustes.

Além disso, em objetos próximos, as cores são bastante equilibradas sem correr o risco de se tornar muito artificial ou muito esbranquiçadas. No entanto, e dependendo da câmara utilizadas, os resultados são um pouco diferentes.

No mesmo cenário, com a câmara principal, conseguimos obter uma fotografia final a puxar para tons mais frios e na câmara de zoom os resultados eram mais quentes. Quando em cenários de contra luz foi possível verificar uma ligeira saturação de algumas cores para equilibrar toda a foto, mas nada que impeça a partilha imediata da fotografia.

Com imagens macro, ironicamente, gostamos mais do resultado final com o modo automático do que o resultado obtido no Redmi Note 11 Pro 5G com o moco macro. No modo macro a fotografia além de ter uma resolução inferior, devido à câmara de 2MP, acaba por ter um foco mais estranho e as cores não ficam tão semelhantes à realidade.

No modo automático, que acaba por recorrer à IA para detetar o que está a ser fotografado, o foco do objeto é mais preciso e as cores assemelham-se mais ao que estamos a ver no mundo real, acabando por oferecer um resultado menos próximo em termos de distância focal mas mais apelativo.

108 MP num smartphone de gama média

O facto do Redmi Note 11 Pro 5G ter uma câmara principal de 108 MP é um ponto de destaque para a Xiaomi e, como tal, não deixou de nos despertar alguma curiosidade para ver os resultados finais obtidos.

De forma geral, sentimos que existe, de facto, uma boa melhoria na qualidade final das fotografias quando comparadas com o modo normal. No entanto, só é possível utilizar os 108 MP acedendo ao modo Pro dentro da aplicação da câmara, o que impede os utilizadores de recorrerem a esta câmara, por exemplo, através da aplicação Instagram.

Em imagens paisagísticas, o smartphone conseguiu um bom equilíbrio da imagem de forma geral, mantendo os tons mais escuros como já acontecia no modo automático. A grande vantagem é que se consegue retirar muito mais detalhe da imagem para que se possa fazer zoom ou recortar a fotografia à vontade sem perder qualidade.

Com objetos próximos, sentimos uma melhoria agradável na fotografia final, talvez por se conseguir um maior número de detalhe e informação na imagem. Nos exemplos acima, de facto o céu estava extremamente cinzento e não tão azulado como parece na fotografia do modo automático, permitindo perceber que o modo Pro oferece um resultado mais fiel à realidade.

Modo noturno

Apesar de estarmos a falar de um smartphone de gama média, o Redmi Note 11 Pro 5G tem uma boa aposta no segmento das câmaras e, como não podia faltar nos dias de hoje, o modo noturno existe neste equipamento.

Claro que não podemos esperar milagres, afinal de contas não estamos a falar de um dos topo de gama da Xiaomi, mas pelo preço deste equipamento ficámos surpreendidos com os resultados obtidos durante a noite num cenário com pouca iluminação direta.

De forma geral, o modo automático não satisfaz por aí além. Consegue-se utilizar a fotografia, mas fica com algum grão e um pouco escura, sendo a situação muito semelhante quando passamos para o modo Pro e ligamos a opção da câmara de 108 MP.

Já com o modo noturno o cenário equilibra-se. O Redmi Note 11 Pro 5G demora uns segundos a concluir a fotografia, mas consegue oferecer um resultado satisfatório com um equilíbrio de cores e luz melhor que nos restantes modos.

Som bastante agradável

Para um equipamento de gama média, o Redmi Note 11 Pro 5G conseguiu trazer um som bastante surpreendente dentro desta gama de smartphones.

Conta com dois altifalantes, um em baixo e outro em cima, capazes de fornecer um som bastante alto e equilibrado, mais agradável que alguns equipamentos topo de gama e mais caros.

IMG 1733 Redmi Note 11 Pro 5G

O som sai também pela coluna de chamadas sendo que se torna menos perceptível devido à coluna superior do equipamento, no entanto, esta junção toda permite ter uma experiência mais envolvente, tano com a música como com os jogos.

Os graves não são perfeitos, mas o Redmi Note 11 Pro 5G não deixa de servir muito bem o propósito de encher uma divisão com um som decente ou de servir para tocar alguma música enquanto fazemos as tarefas diárias pela casa fora.

Veredito final

No final do dia, conseguimos ter em mãos um equipamento extremamente equilibrado. Não é um topo de gama, e não o quer ser, mas também não é um gama média normal.

O Redmi Note 11 Pro 5G conseguiu destacar-se em diversos pontos, como é o caso da autonomia para mais de um dia e do carregamento rápido que, sem sombra de dúvidas, dá imenso jeito no dia a dia acelerado da maioria das pessoas que não tem nem tempo nem paciência para esperar horas que o smartphone carregue.

IMG 1739 Redmi Note 11 Pro 5G

As colunas foram também um ponto forte neste smartphone, que apesar de não serem as melhores do mercado conseguem ser boas o suficiente para não irmos buscar uma coluna portátil para reproduzir música pela casa fora ou num ambiente exterior.

O ecrã é um misto de emoções. O Redmi Note 11 Pro 5G conta de facto com um ecrã AMOLED de 120 Hz, mas não conseguimos as mesmas cores vibrantes e brilhantes que se consegue obter noutros equipamentos de outras marcas. Neste ponto é um misto de cores agradáveis com “falta qualquer coisa”.

IMG 1734 Redmi Note 11 Pro 5G

A fotografia é surpreendente para um smartphone de gama média da Xiaomi que, mesmo aos dias de hoje, ainda faz parte das marcas que a maioria dos consumidores normais ainda não associa a uma boa fotografia. Mas para o preço do Redmi Note 11 Pro 5G, podemos dizer que a câmara é melhor que o esperado, especialmente se ativarmos o modo Pro e recorrermos aos 108 MP.

IMG 1737 Redmi Note 11 Pro 5G

Mesmo com resultados ligeiramente escuros, uns pequenos retoques numa aplicação de edição ou diretamente no Instagram, resolvem o “problema”.

O Redmi Note 11 Pro 5G chegou recentemente ao mercado europeu e pode ser adquirido por um PVP 349.99€.

Xiaomi Redmi Note 11 Pro 5G

349.99€
8.8

Design

9.0/10

Performance

8.5/10

Câmaras

8.0/10

Autonomia

9.5/10

Som

9.0/10

Pros

  • Carregador de 67W incluído na caixa
  • Design confortável
  • Carregamento completo em cerca de 40 minutos

Contras

  • Câmaras com resultados ligeiramente escuros
  • Ecrã com cores abaixo do esperado

Partilhe este artigo

Techbit
RECEBA AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS TECNOLÓGICAS NO SEU EMAIL
Invalid email address
Prometemos não fazer spam e enviar apenas os conteúdos essenciais

Deixe um comentário

Publicidade
Blogarama - Blog Directory