Inquérito da Binance revela que quase metade dos utilizadores recorre às criptomoedas para obter rendimentos extra

A Binance revelou hoje os principais usos de criptoativos dos seus utilizadores.

À luz da sua campanha que destaca as histórias dos utilizadores, “Crypto is better with Binance”, e dos esforços para destacar casos reais de utilização de criptomoedas em todo o mundo, a Binance realizou um inquérito para compreender melhor as motivações e razões dos seus utilizadores para a utilização de ativos digitais.

binance criptomoedas
Publicidade

Binance revela que maior parte das pessoas investe em criptomoedas para rendimento extra

Com base numa amostra de mais de mil inquiridos, o inquérito revelou que quase metade (45%) indicou a obtenção de rendimentos extra como a principal utilização das criptomoedas, seguida da poupança (19%) e da compensação da inflação (9%). Mais de um terço (36%) dos inquiridos indicou que alcançar segurança e independência financeira era a principal motivação para utilizar criptomoedas como poupanças.

Aman, um utilizador da Ásia destacado na série de casos de estudo da Binance, explica como o aumento da inflação no seu país aumentou a pressão sobre a sua capacidade de pagar as propinas universitárias. Ele fala sobre como usou criptomoedas para evitar que o valor das suas economias fosse afetado e começou a usar produtos de poupança de criptomoedas para aumentar seu capital.

comprar e vender criptomoedas

“Comecei a usar os produtos Binance Earn que me ajudaram a acumular juros sobre os meus ativos, com taxas muito melhores do que as do meu banco. Isso deu-me a oportunidade de tomar as minhas próprias decisões – para estabilizar as minhas finanças. Não consigo pensar em nada mais empoderador”, disse Aman.

Mais de um terço dos inquiridos partilhou que as taxas elevadas (19%) e os tempos de transação lentos (14%) foram os maiores desafios ao lidar com os sistemas e serviços financeiros tradicionais.

Lauri, uma utilizadora da Binance, partilhou: “Sou uma nómada digital e estou constantemente a viajar, pelo que a Binance Pay tem feito toda a diferença. Eu tinha que planear com dias de antecedência se quisesse enviar dinheiro para casa, e era caro. Posso transferir criptomoedas através da Binance Pay e o dinheiro chega lá em dois minutos, quase sem taxas.”

criptomoedas

Outras conclusões importantes do inquérito:

  • Equidade Financeira: A maioria dos inquiridos (76%) indicou que as criptomoedas podem desempenhar um papel na redução da desigualdade de rendimentos ou das disparidades financeiras na sociedade. Reduzem a dependência das instituições financeiras tradicionais (19%), são transparentes e seguras (18%), proporcionam acesso financeiro aos que não têm conta bancária e aos que não têm conta bancária (17%), permitem transações transfronteiriças sem intermediários (16%) e oferecem um maior controlo sobre os seus ativos e investimentos (16%).
  • Criptomoedas para obter um rendimento extra: Entre os inquiridos cuja principal utilização das criptomoedas é para obter um rendimento extra, 23% indicaram que o seu objetivo era complementar o seu rendimento principal, com outros 23% a utilizá-las para poupar para uma casa e 21% para investir noutros ativos digitais.
  • Criptomoedas para compras quotidianas: Mais de um terço (36%) dos inquiridos utiliza criptomoedas para fazer compras semanalmente, sendo que mais de metade (58%) utiliza criptomoedas para compras online, incluindo a compra de bens, serviços e produtos digitais, seguidos de 12% que as utilizam para transações internacionais e remessas, e outros 12% para compras em lojas.
  • Nativos das criptomoedas: A maioria não é nova nas criptomoedas, com 59% dos inquiridos a utilizarem criptomoedas há 1-5 anos, 14% há mais de cinco anos. Cerca de 12% são novos nas criptomoedas (utilizam-nas há menos de 6 meses).
  • Cripto para poupanças: 36% utilizam as criptomoedas para poupar dinheiro, uma vez que oferecem segurança e independência financeira, 16% para obter melhores juros sobre as suas poupanças e 14% para poupar para a reforma.
  • Impacto das criptomoedas: Os inquiridos partilharam a forma como as criptomoedas tiveram um impacto positivo nas suas vidas, com 20% a relatarem que aumentaram o valor da sua carteira de investimentos, 18% a afirmarem que lhes foram proporcionadas oportunidades de obterem rendimentos adicionais através da negociação ou da aposta, 15% a poderem aceder a mais serviços financeiros, 14% a melhorarem o seu controlo financeiro e 12% a beneficiarem de transações transfronteiriças mais rápidas e mais baratas.

Sobre o inquérito

Os resultados da pesquisa são baseados numa amostra total de 1.172 indivíduos. O inquérito foi realizado de 15 de novembro de 2023 a 6 de dezembro de 2023 na plataforma Binance Survey, e estava aberto a utilizadores da Binance registados na Ásia & Pacífico, Médio Oriente, Europa, África e América Latina.

minibanner thunderx3

Partilhe este artigo

Techbit
RECEBA AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS TECNOLÓGICAS NO SEU EMAIL
Invalid email address
Prometemos não fazer spam e enviar apenas os conteúdos essenciais

Deixe um comentário

Publicidade
Blogarama - Blog Directory