Huawei está a preparar um sistema de internet por satélite concorrente ao Starlink

Ainda a dar os primeiros passos, a internet via satélite começa a tornar-se uma alternativa aos sistema de dados tradicional emitidos através de torres.

Até agora a SpaceX, com o seu Starlink, tem sido o principal player neste mercado, embora comece agora a ganhar forte concorrência com a entrada da Huawei com o seu próprio sistema.

starlink
Publicidade

Huawei vai concorrer com a Starlink ao lançar o seu sistema de internet via satélite

Ao olharmos para o céu conseguimos muitas vezes ver o espetáculo de luz que nos proporcionam os satélites da SpaceX que orbitam em volta da terra.

Estes são responsáveis por fazer funcionar o Starlink, o sistema de internet via satélite, que tem impulsionado este tipo de ligação e levado a possibilidade de comunicação até aos locais mais inóspitos.

Depois de algum tempo destacada na liderança deste mercado a Starlink poderá agora começar a enfrentar concorrência mais feroz.

satelite

A Huawei revelou agora que está também a trabalhar no seu próprio sistema que está já em testes.

Segundo o diretor do laboratório de tecnologia sem fios 6G, já foram realizadas as primeiras ligações com satélites de órbita baixa, tendo sido possível alcançar uma velocidade máxima de transferência de 660 Mbps.

Em comparação, a Starlink oferece, de momento, uma velocidade máxima de ligação de 500 Mbps.

Embora não tenha sido partilhada muita informação, especialmente relativamente aos satélites que estão a ser utilizados, sabe-se que a marca chinesa procura explorar os satélites em órbita baixa (LEO) e muito baixa (VLEO).

Atualmente, a Starlink conta já com 5500 satélites posicionados a 550 km de altitude, um número que pretende alterar de forma substancial em breve.

espaco satelite

No caso da Huawei, estará também a explorar satélites posicionados entre os 200 e os 2000 quilómetros de altitude.

Quanto à capacidade de captar este sinal, o Huawei Mate 60 Pro foi, sem grande dúvida, o smartphone utilizado, uma vez que foi lançado já com a capacidade de se conectar a satélites geoestacionários.

minibanner thunderx3

Partilhe este artigo

Techbit
RECEBA AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS TECNOLÓGICAS NO SEU EMAIL
Invalid email address
Prometemos não fazer spam e enviar apenas os conteúdos essenciais

Deixe um comentário

Publicidade
Blogarama - Blog Directory