Android Gingerbread e anteriores vão deixar de permitir login na conta Google

A segunda versão do sistema da Google, o Android Gingerbread, vai deixar de aceitar qualquer tipo de inicio de sessão por parte dos utilizadores a partir do dia 27 de setembro.

Após quase 11 anos no mercado, a empresa decidiu pôr um fim quase definitivo a qualquer versão inferior à 2.3.7.

android marshmallow
Publicidade

Android Gingerbread e inferiores deixam de poder ser utilizados

Esta alteração não vai criar um grande impacto na comunidade uma vez que estas versões mais antigas do SO da Google, incluindo o Android Gingerbread, já não contam com quase nenhum utilizador ativo.

No entanto, o problema reportado vai impossibilitar o login nas contas Google, que são as que permitem aceder a todas as funcionalidades do sistema operativo. Os utilizadores ativos destas versões mais antigas foram informados, via e-mail, sobre a futura mudança que vai acontecer a 27 de setembro.

Google Android smartphones

Segundo a informação divulgada pela Google, o inicio de sessão em qualquer aplicação Google vai criar automaticamente uma mensagem de erro. As versões afetadas são: Android 1.0, 1.1 (sem nome), 1.5 (Cupcake), 1.6 (Donut), 2.0 (Eclair), 2.2 (Froyo) e ainda a 2.3 (Gingerbread). A versão mais recente que deixa de aceitar qualquer tipo de login, a 2.3.7 foi lançada em setembro de 2011.

Serviços como o Google Search, o Gmail, o Drive, o Maps, etc vão passar a apresentar uma mensagem de erro nas versões anteriormente mencionadas. No Browser Android, que nesta altura ainda não era o Chrome, vai continuar tudo a funcionar sem problemas.

A empresa avança que esta decisão visa “ajudar a proteger a segurança das contas” dos utilizadores.

Android Gingerbread Google serviços

Nestas versões incluindo o Android Gingerbread deixa então de ser possível:

  • Iniciar sessão em serviços da Google, como o Gmail, o YouTube, o Drive, Maps, etc
  • Adicionar ou criar uma nova conta
  • Fazer um reset ao equipamento e depois iniciar sessão no mesmo
  • Alterar a password da conta Google
  • Remover a conta associada ao equipamento e tentar voltar a colocá-la no mesmo equipamento

Da versão Honeycomb (3.0) para cima, o sistema deve funcionar, para já, nos mesmos moldes que se encontra atualmente. Estas versões mais antigas deixaram de receber há muito tempo qualquer tipo de atualização de sistema ou de segurança e, mais recentemente, a Google anunciou o fim do suporte dos Play Services para o Android Jelly Bean.

Partilhe este artigo

Deixe um comentário

Publicidade