Estará a Huawei a trabalhar na EMUI 12?

Depois de um período de grande sucesso no mercado dos smartphones, a Huawei tem perdido cada vez mais terreno depois dos seus equipamentos serem proibidos de aceder aos serviços da Google.

Como resposta aos vários impedimentos impostos, a marca chinesa decidiu criar o seu próprio sistema operativo, o HarmonyOS, abandonando o desenvolvimento a sua popular interface, a EMUI.

No entanto, os planos poderão não ser tão lineares como aparentavam, podendo a Huawei estar a preparar uma nova versão, a EMUI 12.

emui 10.1 huawei honor
Publicidade

Estará a EMUI 12 a caminho dos smartphones da Huawei?

Os últimos anos têm sido complicados para a Huawei. Depois de algumas restrições do governo americano, a empresa chinesa deixou de conseguir aceder às aplicações e serviços das empresas americanas, como é o caso do Facebook e da Google.

Sem conseguir aceder aos serviços da Google e várias novidades do sistema Android, a marca chinesa enveredou por um caminho próprio e decidiu colocar mãos à obra para desenhar o seu próprio sistema.

Depois de lançar a EMUI 11, que devido às restrições era baseado em Android 10, anunciou a chegada do HarmonyOS e revelou que iria ser implementado em todos os seus smartphones, sendo abandonada a EMUI.

emui 10.1

No entanto, a estratégia da marca chinesa poderá afinal passar por manter a sua interface, tendo surgido uma informação referente ao possível lançamento da EMUI 12.

Segundo uma captura de ecrã da última versão do Huawei Computer Manager, podemos ver um aviso da própria Huawei que refere esta suposta nova versão da interface.

Embora possa ser apenas um erro tipográfico, este texto chamou rapidamente à atenção e colocou a hipótese de ainda haverem desenvolvimentos dentro da EMUI.

harmonyOS 2.0 Huawei

Até ao momento não existe nenhuma posição oficial da marca sobre a EMUI 12, embora tudo aponte que o grande foco da Huawei seja a HarmonyOS, tendo até o nome da conta do Weibo da EMUI, uma rede social chinesa, passado para o nome do novo sistema.

Resta apenas aguardar para conhecer desenvolvimentos sobre este tema e para perceber qual o caminho que a marca chinesa irá seguir nos seus smartphones.

Partilhe este artigo

Deixe um comentário

Publicidade