Serão os carros elétricos o futuro?

Com o decorrer dos séculos, a humanidade mostrou-se sempre estar em mudança. Se olharmos para o passado da humanidade no que toca a transportes, pensar num carro a motor com combustível era inimaginável. Com o aparecimento dos primeiros carros a vapor no mercado em 1976, houve uma revolução na indústria. Porém com o passar do tempo, em 1886, essa indústria deu outro passo à frente no que toca à inovação. Este artigo é patrocinado pela casa de apostas desportivas 22Bet Portugal.

As primeiras marcas de carros a combustível, como é o caso da Mercedes Benz, começaram há muitos anos como um negócio mais familiar e com o nome do proprietário, como é o caso do Karl Benz, Henry Ford, entre outros. Estas marcas foram adquirindo experiência com o passar do tempo e moldando-se aos tempos modernos nos quais vivemos.

No entanto, com a evolução da humanidade, algumas coisas foram sacrificadas em prol do avanço tecnológico, como é o caso do meio ambiente, devido à poluição e recursos que usamos do planeta. 

carregador carro eletrico
Publicidade

A aposta crescente nos carros elétricos

De uns tempos para cá começou a ver mais conscientização acerca do meio ambiente. Exemplo disso são as taxas de poluição decretadas pelos governos, criadas numa tentativa de poder novamente apertar a indústria automóvel a seguir uma evolução mais eficiente e amiga do ambiente,

E foi a pensar nisso que surgiu a marca Tesla, muito famosa pelos seus carros elétricos. Esta empresa dedica-se em exclusivo aos veículos movidos a eletricidade, com o nome a refletir esse posicionamento.

Com o tempo, outras marcas que já estão no mercado desde o início da revolução automóvel, como a Mercedes e a Ford, adotaram também este tipo de veículos. Se olharmos de 2010 até 2021, podemos notar o grande crescimento de modelos elétricos no mercado, algo que antes era impensável para grande parte dos fabricantes.

Esta solução adotada pela indústria automóvel é uma resposta para o combate à poluição ao meio ambiente. Mas a pergunta que fica é, será que realmente os carros elétricos são o futuro e amigos do ambiente? E quão eficientes são?

sony s-vision carro eletrico

Serão os carros elétricos o futuro?

Um dos grandes problemas dos carros elétricos é a infraestrutura e o tempo de carregamento não ser bom o suficiente para poder evitar horas de espera até carregar a bateria.

Com este problema em vista, as empresas estão a desenvolver tecnologias de baterias que irão permitir, num futuro próximo, o carregamento em apenas em 5 minutos.

Não obstante, a autonomia de um carro elétrico de forma geral é boa, porém peca no tempo de espera do carregamento. Este problema em si levando muitas pessoas a não optarem por carros elétricos. 

Mas o que dizer sobre o meio ambiente? Se olharmos para o lado do meio ambiente, poderemos ver que ter um elétrico faz todo o sentido. Os recursos que usamos para um elétrico são bem mais baixos que os que usamos para um carro a petróleo. Para além disso, também temos o fator do fumo lançado para a camada do ozono pelos tubos de escape. O que num elétrico não existe. E para não falar que mais e mais carros usam atualmente componentes amigos do ambiente na sua construção. 

nissan leaf carregador carros elétricos

Alguns países, como Inglaterra, assinaram leis no qual irão banir todos os carros a combustão do país ficando assim só os elétricos. Leis que entrarão em vigor em 2030. Atualmente também o preço de um carro elétrico ainda não consegue ser tão barato quanto um carro a combustível fóssil, porém com o passar dos anos veremos certamente a tendência dos preços baixarem. Portanto, tudo será uma questão de tempo. 

Atualmente vivemos novamente em tempos de transição, no qual em breve iremos ver só elétricos. Essa realidade está cada vez mais próxima, já que marcas como Lamborghini e Ferrari lançaram uma petição para terem a autorização de serem as únicas marcas a fazer carros a motor. 

Então podemos dizer que os carros elétricos são sim o futuro, e os governos mundiais estão a empurrar as empresas de automóveis para esse caminho. Como mencionamos, com a criação de mais taxas sobre a poluição e incentivos fiscais para quem tem um elétrico. Os investimentos também são cada vez maiores na infraestrutura no que toca a postos de carregamento, cada vez mais os países investem em postos de carregamentos elétricos. 

tesla supercharger carros elétricos

Tudo aponta que a partir de 2030 para cima será raro vermos um carro a combustível nas ruas. Porém esse futuro dos carros elétricos poderá ser comprometido pelos carros a hidrogênio. Mas a falta de estrutura para carros movidos a hidrogênio fazem com que não sejam uma ameaça para os elétricos. 

Portanto, até lá se pensa comprar um carro movido a petróleo pense duas vezes. O dinheiro que está a juntar com o seu trabalho, melhor opção é reservar para um elétrico. 

Partilhe este artigo

Deixe um comentário

Publicidade