Truques e dicas para aquecer a casa sem disparar a conta da luz

Com o frio a instalar-se por todo o país, está na altura de os aquecedores saírem da despensa e começarem, novamente a aquecer as casas dos portugueses. No entanto, estes equipamentos são conhecidos por fazerem disparar as contas da luz.

De forma a evitar surpresas de maiores valores ao fim do mês, mas sem prejudicar o conforto que o calor nos fornece em casa, deixamos alguns truques e dicas que podem ajudar a equilibrar as duas coisas durantes os meses mais frios.

analise Mi Smart Space Heater S
Publicidade

O equipamento ideal é o ponto de partida

O mercado tem uma oferta bastante vasta de aquecedores para casa e, normalmente, o problema é saber qual devemos escolher e qual será melhor para a nossa situação.

Para poder tomar uma decisão mais consciente daquilo que lhe poderá fazer falta, o TechBit já havia partilhado uma lista com toda a informação referente aos diversos tipos de aquecimento no mercado.

Se vai ter o aquecedor ligado por longos períodos, um aquecedor tradicional a óleo poderá ser a opção mais económica, já se procura um aquecimento instantâneo que depois pode desligar passado pouco tempo, pode apostar num aquecedor a mica.

Claro que depois existem ainda casos mais específicos que requerem um tipo de aquecimento mais direcionado ou mais eficaz, e como tal, deve sempre procurar aquilo que se adapta melhor à realidade em que vive, pois cada caso é um caso.

O termostato não é para estar sempre no máximo

Apesar de muitos consumidores perguntarem se aquele aquecedor que vão comprar tem “aquele sistema de ligar e desligar sozinho”, também conhecido como termostato, depois acabam por não utilizar esta funcionalidade como deve de ser.

A ideia do termostato é, de facto, fazer com que o equipamento se desligue sempre que atinge uma determinada temperatura e que volte a ligar-se quando arrefece o suficiente. O problema deste sistema é que a maioria das pessoas apenas coloca o termostato no máximo e pronto.

aquecedor oleo radiador

Aqui está um dos problemas, estando regulado no máximo, o aquecedor vai estar sempre ligado e em funcionamento. Se tem um espaço que não necessita de calor constante para se manter acolhedor, pode perfeitamente regular o termostato para uma temperatura intermédia de forma a que este esteja menos tempo ligado.

Desta forma, mesmo que seja pouco, vai conseguir evitar uma subida tão grande no preço da fatura da luz enquanto mantém a divisão quente e acolhedora.

O que serve para aquecer uma sala, não é necessário para um quarto

A grande maioria dos equipamentos de aquecimento têm uma opção que permite aos mesmos funcionar no máximo ou num aquecimento intermédio.

Nalguns casos, a maioria, o que acontece é que em vez de ligar as resistências todas, liga apenas metade delas, de forma a gerar calor em menor quantidade, reduzindo também a potência consumida durante o funcionamento e conseguindo aquecer o espaço sem problemas.

Este pode ser um ponto a ter em atenção nos casos em que utilizamos o mesmo equipamento para aquecer duas (ou mais) divisões. Se a sala for grande e apenas o máximo do equipamento consegue aquecer todo o espaço, não há problema, desde que quando mudar para o quarto tenha isso em consideração.

analise Mi Smart Space Heater S

Os quartos, por norma, são divisões mais pequenas e aconchegantes, logo são também mais fáceis de aquecer. Assim sendo, um aquecedor de 2500W pode funcionar no máximo na sala, mas ser colocado apenas a 1250W quando é utilizado no quarto.

Em alguns casos, até tem uma terceira posição de aquecimento, o que oferece um controlo ainda maior da despesa ao fim do mês. Pode começar com o aquecedor no máximo para um efeito mais rápido e, depois, reduzir para metade ou mesmo um terço da potência máxima apenas para ajudar a manter o calor.

Isolamento em primeiro lugar

De nada serve aquecer um local onde o frio entra por todos os lados ou o calor está a sair diretamente para outro lado.

Se a ideia é criar um ambiente acolhedor, quente e com baixos consumos, deve garantir que existe um bom isolamento do espaço e que a porta não está sempre aberta, pois isto vai fazer com que seja mais complicado chegar a uma temperatura agradável e constante e obrigar a que esteja sempre a aquecer o espaço.

cold frio inverno aquecer aquecimento heater

Além disso, deve ter em atenção o tipo de aquecedor que está a utilizar para não correr riscos e para conseguir aquecer o local de forma correta. Alguns sistemas de aquecimento secam mais o ar que outros, pelo que fechar toda a divisão e não permitir a entrada de oxigénio não é a opção mais recomendada a nível de isolamento.

Os termoventiladores são baratos, mas podem sair-lhe caro

Deixamos ainda o alerta para os conhecidos termoventiladores, talvez o equipamento de aquecimento que mais se vende durante o Inverno.

Estes equipamentos, por norma, são mais pequenos, mais baratos e emitem bastante calor considerando o seu tamanho, conseguindo até gerar calor suficiente para divisões maiores.

No entanto, estes pequenos equipamentos são pensados para um calor mais direcionado e não para aquecer qualquer divisão. Isto porque estamos a falar de uma resistência e uma ventoinha que, assim que deixam de funcionar, não têm como reter qualquer calor ou manter, de alguma forma, a temperatura.

image aquecer

Desta forma, estes equipamentos que são muito baratos no ato da compra, acabam por estar constantemente ligados e a consumir grandes quantidades de luz, levando a um aumento significativo da conta no final do mês e acabam por não aquecer o espaço da mesma forma que outros equipamentos.

Com pequenos ajustes na utilização normal destes equipamentos, é possível ter uma casa quente e acolhedora sem ter de, obrigatoriamente, pagar uma conta da luz três vezes maior.

minibanner thunderx3

Partilhe este artigo

Techbit
RECEBA AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS TECNOLÓGICAS NO SEU EMAIL
Invalid email address
Prometemos não fazer spam e enviar apenas os conteúdos essenciais

Deixe um comentário

Publicidade
Blogarama - Blog Directory